sábado, 16 de outubro de 2010

O Baile de Máscaras


Hoje a caminho de casa me entristeci pelo que anda acontecendo comigo e com todo mundo o tempo todo.

Às vezes acho que perdemos a noção da eternidade dentro de nós, vivemos somente no agora como se os dias fossem feitos de atos neutros em relação a tudo e a todos. Importamos-nos apenas com nosso bem estar, lidando com Deus como se Ele pudesse ser reciclado em novos formatos de acordo com o que nos agrada.

Talvez, por que nos foi ensinado recentemente que o mais importante é sermos nós mesmos, e que Deus tudo entende. E isso não está errado, mas o que ocorre talvez seja o que ocorreu no Iluminismo, o homem tirando Deus do centro e tomando seu lugar, num culto a própria inteligência e, no caso atual, ao prazer. Veja bem! Tudo tem seu lado bom e ruim. Mas é preciso equilíbrio, e acho que isso nos falta. A linha é fina.

Sim, de fato é importante sermos quem somos. O Pai mesmo no deu essa liberdade de nos expressar livremente diante Dele; mas me parece que esquecemos quem Ele é. Deus!

Ele continua sendo onipotente, onipresente e onisciente; continua sendo digno de respeito, de que nos importemos com sua opinião, continua sendo o sábio que dá bons conselhos. Ele ainda é o Pai que tem autoridade e que devemos baixar a crista de nossa rebelde postura mimada ao lhe falar e obedecer. Deveríamos ser “adultos”, filhos maduros ao invés de eternos adolescentes.

Ele ainda é e sempre será um Deus que persiste em nos amar sim, mas que também não é mal resolvido a ponto de ficar mendigando nosso afeto, como se precisasse nos adular pra conseguir algo, não somos nós que fazemos Dele quem Ele é. Ele é o EU SOU e pronto. Continua a nos amar e ajuda quem permite que Ele assim o faça, Ele nos dá o direito da escolha; permanecendo o mesmo, estando nós longe ou perto.

Mas e nós? Quem nos tornamos longe da Sua presença? Será que permanecemos admiráveis? Será que nos tornamos pessoas melhores quando nos fechamos em nosso orgulho e independência e nos privamos de pedir ajuda?Aonde queremos chegar com tantas mascaras? Quando deixaremos de oprimir a nós mesmos com tanta arrogância? O que esta acontecendo com o que tomamos como referencia pra respaldar nossos atos? Porque invertemos tanto, porque essas escolhas, aonde queremos chegar?

Parece que agora o mais importante é ser inconstante, é ser cada vez mais camuflado em si mesmo e reprimir a verdade, é rejeitar o que é bom e engolir o que não presta.

Até quando? Até quando nossas vidas serão movidas a base de sorrisos amarelos, roupas do momento, grupinhos de “todo mundo faz” e o bom é não parecer cristão?Agora Cristo virou algo ruim?! Desde quando?! Porque até onde eu sei, ser cristão é ser como Ele, que tem a vida semelhante à Dele, que O faz ser lembrado através da maneira pela qual vivemos, é ser um pequeno cristo. E que mal há em ser reconhecido como tal? Porque rejeitamos tanto isso? Envolvemos Ele na nossa roupa suja, como parte das nossas impurezas, como se Ele não fosse alvo como a neve, como se fosse algo e alguém do qual devêssemos nos envergonhar…aff!

Eu posso estar errada, mas talvez seja hora de parar, e me incluo nisso, parar de lançar alicerces falsos e flutuantes travestidos de barata e rasa “plenitude” nas rodas de nossas vãs discussões pela vida a fora, onde lutamos pra proteger a ilusória idéia do nosso “mundinho perfeito” e do que pensam de nós ao invés do que realmente sentimos e do que realmente somos.

Que tenhamos a coragem de enfrentar nossos medos, nos libertar da escravidão de certos pensamentos, que superemos as artificiais relações e não temamos a profundidade, que não fujamos do encontro com o espelho, da descoberta, da intimidade. Que decidamos nos aproximar do que é real e busquemos humildemente a Verdade, e Esse por sua vez nos libertará enquanto Se faz caminho aos nossos pés cansados e feridos pela distancia imposta pelo orgulho e dureza de nossos corações e que da morte do que pra trás fica Nos gere vida, e essa… Eterna…, porque não devemos nos esquecer, é para a eternidade é que fomos feitos.

(Leane Barros)

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Fernanda Brum - Espírito Santo



Artista: Fernanda Brum
Música: Espírito Santo
Composição: Eyshila

Espírito Santo ore por mim
Leve pra Deus tudo aquilo que eu preciso
Espírito Santo use as palavras
Que eu necessito usar mas não consigo
Me ajude nas minhas fraquezas
Não sei como devo pedir
Espírito Santo
Vem interceder por mim

Todas as coisas cooperam pra o bem
Daqueles que amam a ti
Espírito Santo vem orar por mim

Estou clamando, estou pedindo
Só Deus sabe a dor que estou sentindo
Meu coração está ferido
Mas o meu clamor está subindo.

_________________________

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Voz de Muitas Águas - O que Tua Glória Fez Comigo? [FG2010]



Eu me rasgo por inteiro
Faço tudo, mas vem novamente
Eu mergulho na mirra ardente
Mas peço que Tua presença aumente
E se eu passar pelo fogo não temerei
Na tua fumaça de glória eu entrarei
Longe do Santo dos Santos não sei mais viver

Quem já pisou no Santo dos Santos
Em outro lugar não sabe viver
E onde estiver clama pela glória
A glória de Deus
_______________________

Fogo e Glória 2010
Uma Chamada para as Nações
Dan Duke e Marti Duke


_______________________

Diante do Trono - A Ele a Glória



Artista: Diante do Trono
Música: A Ele a Glória
Composição: Ana Paula Valadão

Por que D'Ele e por Ele,
Para Ele são todas as coisas.

A Ele a glória
Pra sempre, amém.

Quão profundas riquezas,
O saber e conhecer de Deus,
Quão insondáveis,
Seus juizos e seus caminhos.

A Ele a glória
Pra sempre, amém.

_______________

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Aproveite cada momento...

Que tal usar aquela toalha ou lençol especial que nunca usou.

Beber água no copo especial para as visitas.

E tomar um cafezinho naquela bela xícara guardada há muitos anos.


Um amigo meu abriu a gaveta da cômoda de sua esposa e pegou um pequeno pacote embrulhado com papel de seda:

- Isto - disse - não é um simples pacote.

Tirou o papel que o envolvia e observou a bonita seda e a caixa.

- Ela comprou isto na primeira vez que fomos a Nova York, há uns 8 ou 9 anos. Nunca o usou. Estava guardando-o para uma ocasião especial. Bem, creio que esta é a ocasião.

Aproximou-se da cama e colocou a prenda junto com as outras roupas que ia levar para a funerária.

Sua esposa tinha acabado de morrer. Virando-se para mim, disse:

- Não guarde nada para uma ocasião especial. Cada dia que se vive é uma ocasião especial.

Ainda estou pensando nestas palavras... já mudaram minha vida. Agora estou lendo mais e limpando menos. Sento-me no terraço e admiro a vista sem preocupar-me com as pragas. Vivo mais tempo com minha família e menos tempo no trabalho.

Compreendi que a vida deve ser uma fonte de experiências a desfrutar, não para sobreviver. Já não guardo nada.

Uso meus copos de cristal todos os dias. Coloco uma roupa nova para ir ao supermercado, se me dá vontade. Já não guardo meu melhor perfume para ocasiões especiais, uso-o quando tenho vontade.

As frases "algum dia..." e "qualquer dia..." estão desaparecendo de meu vocabulário.

Se vale a pena ver, escutar ou fazer, quero ver, escutar ou fazer agora.

Não estou certo do que teria feito a esposa de meu amigo se soubesse que não estaria aqui para a próxima manhã que todos nós ignoramos.

Creio que teria chamado seus familiares e amigos mais próximos.

Talvez chamasse alguns amigos antigos para desculpar-se e fazer as pazes por possíveis desgostos do passado.

Gosto de pensar que teria ido comer comida chinesa, sua favorita.

São estas pequenas coisas deixadas por fazer que me fariam desgostoso se eu soubesse que minhas horas estão limitadas.

Desgostoso, porque deixaria de ver amigos com quem iria encontrar, cartas que pensava escrever "qualquer dia destes".

Desgostoso e triste, porque não disse a meus irmãos e meus filhos, com suficiente freqüência, que os amo. Agora, trato de não atrasar, adiar ou guardar nada que traria risos e alegria para nossas vidas.

E, a cada manhã, digo a mim mesmo que este será um dia especial.
Cada dia, cada hora, cada minuto, é especial.

(Autor Desconhecido)





segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Bola de Neve Church - Te Vejo Pai



Artista: Bola de Neve Church
Música: Te Vejo Pai
Composição: Denise G. De Seixas Pereira

Aqui Estou Senhor
Rendido ao Teu Amor
E a Tua Graça
Me Faz Levantar e Andar
Entrego a Ti Senhor
Meu Coração, Arrependido
Recebo o Teu Perdão
Pois a Tua Graça
É Melhor que Viver
Por Que Vivo Pra Te Conhecer,
Seja o Rei, Seja Tudo em Mim
Simplesmente Filho
É Tudo o que Preciso Ser
Ter um Pai de Amor
Que Cuida de Mim
Como uma Criança
Que se Perde do Pai
Assim sou eu a te Procurar
Te Vejo Pai, Te Vejo Pai
Com os Braços Abertos
A Me Esperar.

domingo, 10 de outubro de 2010

Salmos 63:1


VERSÍCULO:
Ó Deus, tu és o meu Deus forte; eu te busco ansiosamente; a minha alma tem sede de ti; meu corpo te almeja, como terra árida, exausta, sem água.
(Salmos 63:1)

PENSAMENTO:
Vício foi definido como "a fome de Deus direcionado para a fonte errada de satisfação espiritual". Salmo 63 nos lembra que isso é verdade. Na profundidade da nossa alma há um desejo de buscar a Deus, porque ele não está longe de nós e quer ser conhecido por nós (veja Atos 17). Mas, muitas vezes quando nós precisamos mais de Deus, Ele é o último recurso que usamos para nos satisfazer. Vamos buscá-lo com afinco e aliviar a nossa sede espiritual com Ele.

ORAÇÃO:
Santo Pai, enche meu coração com um anseio para estar com o Senhor e minha mente com o entendimento que é Sua presença que preciso. Confesso que muitas vezes tenho procurado alívio por minha fome espiritual em coisas que não satisfazem. Prometo que hoje reconhecerei que todas as outras fontes de satisfação são temporárias e falsas. Prometo seguir o Senhor e Sua vontade através da sua Palavra e seu Espírito até descansar na sua presença e graça. No poderoso nome de Jesus meu Senhor, eu oro. Amém.

Via Iluminalma


Devocional Para Hoje é Copyright © 2006-2010 de Phil Ware. Todos os direitos reservados. Devocional Para Hoje é um versículo bíblico diário, com um pensamento e uma oração para focalizar a sua mente na Palavra de Deus e para prepará-lo para o dia. O autor é Phil Ware e vem do site www.iluminalma.com.

Visite www.iluminalma.com para descobrir ainda mais para abençoar a sua vida.
Related Posts with Thumbnails