sábado, 14 de agosto de 2010

PODCAST

Boa Tarde amigos, 

mais uma vez venho escrever aqui para vocês, desta vez resolvi escrever pra falar um pouco sobre podcasts.

Para quem não sabe, os podcasts são programas em audio, como programas de rádio em seu formato, porém são gravados, ou seja, diferentemente de programas de rádio que são ao vivo, em geral semanalmente estão disponíveis em seus respectivos sites. Segundo a Wikipédia podcast é:

Podcast é o nome dado ao arquivo de áudio digital, geralmente em formato MP3 ou AAC (este último pode conter imagens estáticas e links), publicado através de podcasting na internet e atualizado via RSS. Também pode se referir a série de episódios de algum programa quanto à forma em que este é distribuído. A palavra é uma junção de iPod ou de "Personal On Demand" (numa tradução literal, algo pessoal e sob demanda) e broadcast (transmissão de rádio ou televisão). O podcast em vídeo chama-se "videocast", geralmente em arquivo formato MP4.
O termo "podcast" é creditado a um artigo do jornal britânico The Guardian em 12 de fevereiro de 2004, mas, nesse primeiro momento, o termo não se referia ao formato de transmissão com RSS, o que só aconteceu em setembro daquele ano, quando Dannie Gregoire usou o termo para descrever o processo utilizado por Adam Curry.

Eu conheci os podcasts há pouco tempo e logo de cara me amarrei nesse formato, é muito prático e muito específico, pois existe podcast de tudo que se possa imaginar e totalmente disponível para ouvir online ou baixar e ouvir no ipod.

Como nosso alvo é viver cada vez com mais intensidade, conhecer e aprender mais sobre o reino e palavra de Deus, o motivo dessa postagem é um podcast cristão que eu achei na net e que por muita coincidencia cristocidencia é o podcast que a revista época dessa semana cita na materia sobre novos evangélicos.

Cristocidencia porque? Simplesmente porque não foi hj que achei esse podcast, há alguns dias eu salvei o link do podcast irmaos.com nos favoritos para ouvir depois, daí, ontem uma amiga estava lendo a referida revista época.. fiquei curioso pra ler, mas ainda não tive a oportunidade, hoje, sábado, com tempo para descansar e relaxar, lembrei do podcast e resolvi ouvir, e um dos assuntos da pauta do podcast de hoje era a tal revista e sua matéria sobre evangélicos. essa é a cristocidência... huahuahuahua...

O podcast dos caras é muito interessante, de muita qualidade, com temas e informações sobre vida cristã relevante, com uma dinamica verdadeira e sem enrolação. Vale muito a pena ouvir.

A revista eu não li ainda, mas vou procurar na net e vou ler hj ainda, postarei aqui a reportagem assim que eu ler. O podcast eu ouvi, aprovo e recomendo.

Para ouvir o podcast do irmaos.com aceese o link clicando [AQUI]

Espero que seja edificante para vocês como foi para mim...

Que Deus abençoe todos vocês!

Sapos na panela de água fervente!

Tenho por certo que a presente geração é parte de um dos momentos mais cruciais da história humana.

Não consigo me olvidar de tal percepção. É fato. Está aí. Surge bem diante de nossos olhos.

O problema é que a maioria já nasceu nesse tempo de ebulição apocalíptica e pensa que é normal que o mundo e a vida sejam assim.

Mas não é normal. E não é papo de velho!

No entanto, devo admitir que me foi dada a chance de provar o fim de um tempo da gentileza (curto tempo) humana.

Os bandidos de minha infância eram românticos. Os maus de minha memória infantil eram uns monges quando comprados com os maus de hoje.

Até mesmo o sentido de alegria e diversão era diferente. Quem quiser saber assista aos filmes preto e branco das décadas de 50 e 60. Tudo era diferente.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Crombie - Eternidade

Como Construir Um Ídolo (Cam Huxford)

Cam Huxford, da Mars Hill Church, igreja do pastor Mark Driscoll, fez esse vídeo para contar a história de sua idolatria.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

A história de Zac Smith (Câncer)

O que é o inferno? (Bryan Chapell)

Teologia é Importante (Joshua Harris)

Joshua Harris nos fala sobre a importância do estudo da teologia - Trecho retirado do livro "Dug down deep"

John Piper - Morte é Lucro

Como Deus pode ser amoroso e mandar pessoas para o inferno?

Don Carson explica rapidamente como Deus pode amar e mesmo assim condenar pessoas eternamente.



Deus e a pedra imóvel


Uma das objeções mais comuns à coerência do teísmo cristão é o ataque à onipotência de Deus através do seguinte raciocínio:

Poderia Deus criar uma pedra pesada o suficiente para que ele não consiga carregar?

Essa pergunta joga o teísta cristão contra a parede deixando-o apenas com duas opções:

1. Deus não pode criar tal pedra e, portanto, não é onipotente.

ou,

2. Deus pode criar tal pedra e, portanto, não é onipotente.

Aparentemente, essas duas respostas são as únicas possíveis e qualquer uma delas invalida o conceito de um Deus onipotente. Mas será que tal objeção tem algum sentido lógico?

O problema com tal pergunta está na má compreensão do conceito de onipotência. Onipotência divina implica em fazer tudo que é logicamente possível. Exemplos:

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

NOOMA 10 - Lump - Rob Bell (Legendado)

Muitos de nós têm feito coisas em nossas vidas das quais nos envergonhamos. Algumas são pequenas e outras são muito grandes e devastadoras. Alguns de nós ainda faz coisas que nem as pessoas próximas de nós sabem. Falhas pessoais que guardamossomente para nós, assim não temos que lidar com ela, porque não sabemos como lidar com ela, não é? Estamos com medo de tentar, é só tornar tudo pior. Mas não importa o quão grande é o nosso lixo, não importa o quanto o que fizemos terá influenciará na forma como as outras pessoas nos vêem ou como nós mesmos nos vemos, nada disso muda a forma como Deus pensa sobre nós. Deus nos ama, ele sempre foi e sempre será, e não há nada que podemos fazer para mudar isso.



Gostou!? Adquira o DVD em nooma.com

terça-feira, 10 de agosto de 2010

NOOMA 09 - Bullhorn - Rob Bell (Legendado)

Deus ama a todos, assim como um cristão também deve amar. De fato, Jesus disse que a coisa mais importante na vida é amar a Deus acima de todas as coisas e amar as pessoas como nos amamos. Mas nem sempre é fácil amar a todos ao nosso redor, não é? Às vezes nós discordamos fortemente do ponto de vista de outras pessoas, seja sobre política, crenças religiosas, comportamentos, ou qualquer outra coisa, e isso torna mais difícil amá-las, pois sentimos que estamos certos e que elas estão muito enganadas. Mas Jesus não separa amar a Deus de amar os outros. Então, talvez a melhor maneira de mostrarmos o nosso amor por Deus está realmente em amarmos outras pessoas, não importando o quão difícil é. Talvez seja este o único caminho.



Gostou!? Adquira o DVD em nooma.com

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

NOOMA 08 - Dust - Rob Bell (Legendado)

Acreditar em Deus é importante, mas e quanto a Deus acreditar em nós? Acreditando que nós podemos realmente ser o tipo de pessoa que estamos destinadas a ser, ou seja, pessoas de amor, compaixão, paz, perdão e esperança, pessoas que tentam fazer as coisas certas o tempo todo, pessoas que sempre agem nas possibilidades infinitas que nos rodeiam todos os dias para praticar o bem e a verdade. Fica fácil para nós, às vezes, nos subestimarmos. Não nos sentindo "bom o suficiente" ou sentindo que não somos nós que temos que fazer isto ou aquilo, mas talvez, se tivéssemos mais conhecimento sobre a cultura em que Jesus cresceu e algumas das coisas radicais que Ele fez, nós entenderiamos a fé que Deus tem em todos nós.




Gostou!? Adquira o DVD em nooma.com

domingo, 8 de agosto de 2010

NOOMA 07 - Luggage - Rob Bell (Legendado)

Muitos de nós têm feito coisas em nossas vidas das quais nos envergonhamos. Algumas são pequenas e outras são muito grandes e devastadoras. Alguns de nós ainda faz coisas que nem as pessoas próximas de nós sabem. Falhas pessoais que guardamossomente para nós, assim não temos que lidar com ela, porque não sabemos como lidar com ela, não é? Estamos com medo de tentar, é só tornar tudo pior. Mas não importa o quão grande é o nosso lixo, não importa o quanto o que fizemos terá influenciará na forma como as outras pessoas nos vêem ou como nós mesmos nos vemos, nada disso muda a forma como Deus pensa sobre nós. Deus nos ama, ele sempre foi e sempre será, e não há nada que podemos fazer para mudar isso.




Gostou!? Adquira o DVD em nooma.com
Related Posts with Thumbnails